Deputados protocolam no TCU afastamento do presidente do INEP

PT e o PSB também propuseram a criação de uma comissão para acompanhar o Enem e a instalação de auditoria para fiscalizar a gestão do INEP

A oposição na Câmera dos Deputados pediu o afastamento do presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Danilo Dupas Ribeiro. No texto protocolado no Tribunal de Contas da União, nesta terça-feira (16), eles alegam que a permanência de Dupas compromete o processo de realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Dentre outros episódios considerados como irregularidades pelos deputados estão o suposto acesso de um agente da Polícia Federal ao ambiente onde estariam as provas do exame.

Nesta quarta-feira (17), será votado o requerimento que prevê a convocação do ministro da Educação, Milton Ribeiro à na Comissão de Educação da Câmara.

O PT e o PSB propuseram a criação de uma comissão para acompanhar o Enem e também a instalação de auditoria para fiscalizar a gestão do INEP.

Na ação, os deputados defendem a reintegração dos 37 servidores afastados para que as provas do Enem do próximo domingo (21) sejam realizadas com o mínimo de normalidade.

Este ano, 3,7 milhões estudantes se inscreveram no exame, número bastante baixo se considerados outros anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *