Em manifesto, juristas pedem investigação de Moro após novos vazamentos da ‘Vaza Jato’


Em manifesto, juristas pedem investigação de Moro após novos vazamentos da 'Vaza Jato'

Foto: Pedro França / Ag. Senado

Um grupo de 150 juristas se manifestou em relação às conversas divulgadas no último domingo (8) pela Folha de S. Paulo, em parceria com o The Intercept Brasil, segundo i sote Brasil 247. As mensagens divulgadas põem em xeque tese de que ex-presidente Lula Inácio Lula da Silva (PT) agiu para travar investigações da Operação Lava Jato.

No manifesto, os juristas apontam que os vazamentos demonstram uma “grave transgressão jurídica” e pedem que os envolvidos no caso sejam “imediatamente afastados de seus cargos pelas instâncias competentes e o ex-juiz Sérgio Moro seja devidamente investigado pela sua conduta abusiva”. 

Nesta segunda-feira (9), o senador Jaques Wagner (PT) “rebatizou” a Lava Jato para “Lama Jato”, em tom de crítica às conversas vazadas (leia mais aqui).

Confira aqui os 150 juristas que assinaram o manifesto

Fonte: Bahia Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *